Quais os malefícios do hambúrguer? Descubra e entenda a razão

Apesar da praticidade, o alimento não é visto com bons olhos pelos nutricionistas. E eles têm razão. Veja o porquê.


Quando bate aquela fome nós logo desejamos nosso prato favorito. Entre os mais lembrados estão a pizza, o bolo, cozinha… e o hambúrguer. Sim, entre a listas das guloseimas mais desejadas na hora da fome, o hambúrguer é um dos queridinhos.

O hambúrguer tem origem na Alemanha, mas foi adotado oficialmente como um prato tipicamente norte-americano. É o famoso fast food, disponível em praticamente todas as lanchonetes do gênero.

Apesar da praticidade, o alimento não é visto com bons olhos pelos nutricionistas. E eles têm razão. É só analisar com cuidado a iguaria para descobrir os inúmeros malefícios que ele oferece para o nosso organismo. Veja.

Quais os malefícios do hambúrguer? Descubra!

Foto: depositphotos

Pão

Vamos começar analisando o pão utilizado no hambúrguer. Geralmente, ele é feito com farinha branca, que é rica em carboidratos. Na prática, consumir pão aumenta os picos de glicose no sangue, o que é péssimo para quem tem diabetes, e também para as pessoas que estão de dieta, pois a fome volta mais rápido e com mais intensidade.

Outra desvantagem do consumo do pão é que ele tem uma grande quantidade de proteína chamada glúten. Ao consumirmos essa substância, o nosso sistema imunológico ataca essa proteína e ele danifica os órgãos que são responsáveis pela digestão. Isso pode acarretar em inchaço, dor, disenteria e até cansaço.

O ácido fítico também atrapalha a absorção de minerais como ferro, zinco e cálcio e as fibras do trigo também podem estimular a deficiência de vitamina D. Entretanto, não adianta simplesmente substituir o pão branco pelo integral. É bem verdade que isso pode até ajudar a tornar o alimento um pouco mais saudável, entretanto, está longe de ser um alimento perfeito.

Carne

A carne de hambúrguer é um alimento industrializado. Para se ter uma ideia, ela geralmente é consumida até seis meses depois que o animal foi abatido. Isso significa que uma grande quantidade de conservantes é utilizada para que ele não apodreça antes da hora. São empregados antioxidantes, acidulantes, adoçantes, corantes, espessantes e aromatizantes. Todos esses produtos são responsáveis para deixar a carne sem gosto ruim, sem odor e alterar a cor, aparência e textura das carnes.

Molhos

Os molhos contidos no hambúrguer também não são nada saudáveis. Eles contêm grandes quantidades de açúcar e sódio, inimigos do nosso organismo. Além disso, os molhos de origem industrializada também possuem muitas substâncias maléficas como: corantes, conservantes e aromatizantes.

Salada

Se existe algo que vale a pena consumir dentro do hambúrguer é a salada. Infelizmente, essa é uma das partes as quais as pessoas pedem mais para tirar da receita. As folhas verdes, o tomate e a cebola são fontes de nutrientes essenciais para uma vida mais saudável. Portanto, se você vai consumir o hambúrguer de qualquer maneira, que tal pedir para adicionar mais salada?


Informar erro