Médico dá dicas de como iniciar atividade física de forma sadia

É preciso iniciar com calma e não exagerar na dose, pois os melhores resultados são cumulativos


O ano começou e você pretende deixar a preguiça de lado e encarar uma rotina de exercícios? Essa é uma excelente decisão, entretanto é preciso ficar atento (a) para não lesionar o corpo e não transformar uma iniciativa boa em algo prejudicial.

Por isso, o ortopedista e médico do esporte Fabiano Cunha traz dicas de como iniciar uma atividade física que proporcione mais saúde e resultados. “Para os iniciantes, é muito mais efetivo realizar uma caminhada de 40 minutos, 3 vezes por semana, do que caminhar 2 horas no domingo e passar mais 6 dias sem fazer nada. O corpo gosta de regularidade e se acostuma com isso, seja com exercícios regulares ou com o ócio regular”, explica o especialista.

Segundo o ortopedista, é preciso iniciar com calma e não exagerar na dose, pois os melhores resultados são cumulativos e nem sempre surgem com a rapidez que as pessoas querem. “É preciso entender o corpo. Você passa um ano sem se movimentar e de repente volta a caminhar. O cérebro fica confuso, não sabe que você quer emagrecer, só sabe que você não faz exercício”.

Médico dá dicas de como iniciar atividade física de forma sadia

Foto: depositphotos

Tenha força de vontade

O médico alerta que depois de muito tempo no sedentarismo é preciso ter força de vontade e não desistir logo nos primeiros meses, pois “nesse primeiro momento, ele [o cérebro] manda mensagens para o corpo entrar em estado de alerta. Daí que vêm as palpitações, formigamentos e as quedas de pressão que muitas pessoas reclamam no primeiro mês de um programa físico. É importante emagrecer gradualmente, sem estressar o corpo e progredir com calma”.

Não exagere nos exercícios

O estresse do corpo pode causar lesões e atrapalhar a rotina de exercícios e até mesmo a locomoção rotineira. “A maior incidência de lesões acontece por falta de aquecimento ou exagero na realização das atividades, seja por muita intensidade, muita carga ou longa duração”, explica o médico.

Consulte um especialista

De acordo com ele, é fundamental procurar um especialista antes de iniciar a atividade física. Ele saberá identificar os limites do corpo e os exercícios mais indicados. “Em qualquer exercício físico podem ocorrer lesões, mas isso não deve te desanimar. Tratadas adequadamente, é possível retomar a rotina em ótimas condições”, lembra Fabiano Cunha.

Para finalizar, o ortopedista dá seis dicas infalíveis para que você alcance os resultados desejados:

1º passo: visite um médico especialista em esporte para fazer um check-up;
2º passo: a modalidade esportiva deve se adequar a sua condição física;
3º passo: evite treinar sozinho. Procure supervisão profissional;
4º passo: tenha uma alimentação balanceada e evite ingredientes industrializados e com muito sal;
5º passo: mantenha o foco e trace metas para alcançar;
6º passo: respeite seu corpo e só aumente a intensidade dos treinos quando ele permitir.


Informar erro