Efeitos e sintomas: Como dentes tortos podem prejudicar a saúde

O posicionamento dos dentes é importante. Quando eles nascem ou se desenvolvem de modo incorreto podem ocasionar incômodos constantes


Já diz o ditado: um sorriso bonito é o melhor cartão postal das pessoas. Porém, muito além do peso estético, os dentes têm um papel fundamental para a nossa saúde. É por meio deles que realizamos a mastigação e aperfeiçoamos a dicção.

O posicionamento dos dentes é outro fator importante. Pois, quando eles nascem ou se desenvolvem de modo incorreto podem ocasionar incômodos constantes.

Entretanto, de acordo com o dentista Rolf Faltin, existem alguns mitos atribuídos ao mau posicionamento dos dentes. Um deles é que eles causariam o ronco e a apneia. Sobre isso, ele esclarece: “a grande maioria dos tratamentos ortodônticos que movimentam os dentes em adultos não tem capacidade de solucionar ronco e apneia, que são problemas de outra natureza”.

Efeitos e sintomas: Como dentes tortos podem prejudicar a saúde

Foto: depositphotos

Prejuízos de ter dentes tortos

Outro mito relacionado aos dentes são as dores nas costas. Algumas pessoas juram que a região é afetada, mas “não existe evidência científica de que a dor nas costas tenha relação com a má oclusão dos dentes, ainda que muitos relacionem isso. Não há nada que comprove que problemas de oclusão severos desequilibram a mordida e se relacionem com a musculatura da cabeça e do pescoço refletindo na região cervical da coluna. Não podemos relacionar diretamente este problema aos dentes”, explica o dentista.

No entanto, outros problemas podem sim ter origem nos dentes, como as dores de cabeça e ouvido. Elas seriam causadas por uma disfunção temporomandibular. Rolf Faltin justifica como: “essa articulação liga a mandíbula ao crânio e é uma das mais complexas do corpo humano, responsável por mover a mandíbula para frente, para trás e para os lados. Qualquer problema que impeça a função ou o adequado funcionamento deste sistema de músculos, de ligamentos, de discos e de ossos dá a sensação ao indivíduo de que sua mandíbula está saltando para fora, fazendo um estalo e até travando. A causa exata desta disfunção, em geral, é difícil ser identificada pois apresenta muitos fatores e, entre seus sintomas, estão a dor de cabeça e de ouvido”.

Uma ação cotidiana que também pode levar o paciente a alterar o posicionamento dos dentes é o ato de respirar pela boca. “Quando o paciente troca a passagem de ar do nariz para a boca, faz com que a boca fique aberta a maior parte do tempo e, assim, aos poucos, modifica os ossos maxilares e as arcadas dentárias. Entre as consequências previsíveis, o céu da boca pode ficar mais alto e estreito, podendo gerar mordidas cruzadas ou abertas demais, que implicam no crescimento da mandíbula ou apinhamento dentário”.


Informar erro