Cuidar bem dos dentes pode evitar doenças cardiovasculares

Muitos problemas de saúde, principalmente doenças cardiovasculares, surgem por inflamações que atingem os tecidos de suporte e sustentação dos dentes


Cuidar bem dos dentes e manter um sorriso bonito vai muito além da estética, é uma questão de saúde. Ter dentes e gengivas saudáveis pode evitar o surgimento ou até mesmo o agravamento de alguns problemas, sobretudo cardiovasculares.

Má higiene oral e doenças cardiovasculares

Segundo o Dr. Hugo Lewgoy, cirurgião-dentista e doutor pela USP, muitos problemas de saúde surgem por inflamações que atingem os tecidos de suporte e sustentação dos dentes, principalmente doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, acidentes vasculares cerebrais (AVC), insuficiência cardíaca, diabetes, doenças respiratórias e até riscos na gravidez.

Estatísticas do INCOR – Instituto do Coração – apontam que 40% dos pacientes atendidos com endocardite bacteriana obtiveram um histórico de má higiene oral. Por esse motivo, alguns cardiologistas também recomendam aos seus pacientes que mantenham uma adequada rotina de higiene oral.

Cuidar bem dos dentes pode evitar doenças cardiovasculares

Foto: depositphotos

Cuidados com a higiene bucal

As doenças periodontais atingem os tecidos de suporte (gengiva) e sustentação (ligamento periodontal e osso) dos dentes. Tomar cuidado com essa região é muito importante, caso contrário, pode ocorrer a perda dos dentes, a formação de tártaro e o surgimento de bolsas periodontais, que também podem agravar condições como a diabetes e doenças respiratórias.

“Por isso, é imprescindível a higienização bucal adequada com produtos de qualidade. A escova dental deve ser ultramacia com a maior quantidade possível de cerdas, pois elas evitam o acúmulo de sujeira na escova e não agridem os dentes e a gengiva como a Curaprox, por exemplo, que possui 5460 cerdas. É importante também o uso de escovas interdentais para a limpeza entre os dentes”, explica o cirurgião-dentista Hugo Lewgoy.

A melhor forma de prevenir o surgimento de problemas é a cuidadosa higiene oral diária, com uma boa escovação, além de consultas regulares ao dentista. As gestantes devem tomar ainda mais cuidado, pois estão com o organismo mais vulnerável à inflamação da gengiva.


Informar erro