Como deve ser um sono saudável e reparador para a vida de um bebê?

Dormir é considerado um dos hábitos mais importantes para a saúde do recém nascido, não só no âmbito físico, mas também mental e emocional


Para que um bebê cresça forte e saudável, um dos principais aliados é o sono. Isso mesmo, o sono! Dormir é considerado um dos hábitos mais importantes para a saúde, não só física, mas mental e emocional. Isso porque o descanso reparador rende horas de atividades produtivas e faz com que o bebê esbanje energia e criatividade.

Dormir também é considerado um hábito que se deve adquirir desde o nascimento e que vai se ajustando com o tempo. Um recém-nascido, por exemplo, pode chegar a dormir aproximadamente 18 horas por dia. Por isso é bom que esse tempo seja respeitado, até em benefício do desenvolvimento do próprio bebê.

Sono x desenvolvimento saudável

Até agora, já deu para perceber o quanto o sono do bebê é importante para o seu desenvolvimento. Mas, não custa nada incrementar isso com dados que relacionam uma boa qualidade de sono com esse ponto em específico. Até porque, uma boa noite de sono ajudará o bebê a assimilar mais rapidamente tudo o que viveu durante o dia.

Como deve ser um sono saudável e reparador para a vida de um bebê? Entenda

Foto: depositphotos

Repor as energias – Enquanto o bebê dorme, ele se recupera da agitação do dia, restabelecendo suas forças.

Adaptar-se ao novo – O sono é considerado uma forma bastante tranquila do bebê adapta-se ao mundo fora da barriga da mamãe.

Crescimento – É durante o sono que são liberados hormônios que ajudam o bebê a crescer e ter um desenvolvimento neurológico adequado para cada idade, o que influencia diretamente no amadurecimento do sistema nervoso central.

Memória – Outros benefícios da boa qualidade do sono são a melhora da memória e o amadurecimento cerebral.

Bons hábitos

Dormir muito – Durante as primeiras semanas, os recém-nascidos podem dormir entre 16 e 20 horas por dia ou em intervalos de 3 a 4 horas. Assim, deve-se deixar o bebê dormir a livre demanda.

A noite é para dormir – À medida que o bebê vai crescendo, os pais devem ensiná-lo que a noite foi feita para dormir e o dia para fazer atividades. Para ajudá-lo a aprender a diferença entre a noite e o dia, mantenha a iluminação do quarto bem fraca durante a noite e forte durante o dia.

De barriga cheia – Sempre alimente o bebê e troque a fralda antes de colocá-lo para dormir.

Posição que interfere no bem-estar – Os recém-nascidos passam muito tempo deitados de costas enquanto dormem, por isso é importante ficarem bastante tempo de bruços ou serem colocados em pé quando estão acordados.

Sono tranquilo – Evite acordar o bebê quando não é necessário. Para isso, escolha uma fralda confortável, que o mantenha sequinho durante muito tempo.

Para o bebê dormir mais confortável

Ajeitando o leito – Ponha o bebê de costas em um colchão firme. Tire do berço os travesseiros, os bichinhos de pelúcia e os cobertores desnecessários para evitar qualquer risco de asfixia. Vista o bebê com uma roupa adequada para o clima. Também é aconselhável o uso de cortinas para tapar a luz da manhã e instale reguladores de intensidade de luz no quarto do bebê. Isso criará um ambiente aconchegante. Uma temperatura bem adequada é a de 22 graus Celsius.

Rotina relaxante – Vestir o pijama, escovar os dentes e lavar o rosto toda noite fará com que ele aprenda que essas são as atividades que se devem fazer antes de ir dormir. Resista à tentação de agitar seu filho com mais brincadeiras perto da hora de dormir.

Deixe-o à vontade – Permita que o bebê leve para a cama o bichinho de pelúcia ou o cobertor preferido. Ofereça água à criança e acenda o abajur antes de sair do quarto. Assim, ela terá menos desculpas para sair da cama.

Tenha paciência – Ensinar ao seu filho bons hábitos de sono não acontece da noite para o dia. Faça sempre as mesmas coisas antes de dormir e o seu filho acabará aprendendo a seguir o plano.


Informar erro